Quinta-feira, 01 de Janeiro de 2009

Festejos de passagem de ano por todo o lado, hotéis esgotados, viagens esgotadas e gastos de dinheiro a rodos, alguns com possibilidades , mas outros, é só para manter as aparências, fazem empréstimos aos bancos, mas o pior é estarem a dever a várias pessoas, não se preocupando nada com isso. O lema é, a quem eu dever que espere se quiser, esquecendo-se que essas pessoas também precisam de comer como eles e têm o direito também a passar o ano com alguns mimos, pois a eles não lhes faltam.

Mas será que estes festejos por todo o mundo tem razão de ser? As pessoas não pensão que quantos mais anos passam, menos anos temos de vida? mais curta é a nossa estadia entre os vivos.

Se pensassem bem deviam era estar tristes, porque cada vez se aproxima mais o nosso fim e da maneira com vão as coisas será mais depressa que o que muita gente imagina. 

publicado por barroseira às 18:31