Domingo, 01 de Julho de 2012

A festa da Família

Tábua viveu dois dias muito importantes para os crentes católicos, com a realização da terceira festa da família, juntando as quinze freguesias, cujos párocos são, Manuel Paiva e João Dias.

Fazia parte da terceira festa da família umas jornadas, cujo tema era “ A família do século XXI, Escola de amor e de afectos” – “Modelos de família vs Modelos de Educação. Estas jornadas realizaram-se no sábado dia 30 de Junho das 14 às 18 horas na Biblioteca João Brandão. Foram um enorme êxito, dado a excelência dos oradores.

A Dr.ª Margarida Cordo, psicóloga, terapeuta familiar e Psico-terapeuta, veio falar do tema “Educar para o futuro – um desafio, uma arte”. Dá gosto ouvir falar pessoas com tanto conhecimento e sabedoria, a maneira como desenvolveu o tema, apresentando várias ideias e sugestões, cativou todos os presentes.

O outro orador não menos exuberante, foi o Dr. Vasco Prazeres, médico, consultor de medicina familiar, sexólogo, conselheiro para a igualdade e cidadania, desenvolveu o tema “Adolescentes, pais e tudo o mais”. Mais uma grande lição para todos, porque com a sua maneira alegre de explanar as ideias que o tema lhe exigia, conseguiu manter as pessoas presentes com grande atenção do princípio ao fim.

O ultimo palestrante foi o, Padre Dr. Adelino Guarda, director do centro de formação e cultura na Diocese de Leiria. O tema que apresentou foi “ Que contributo, novidade e esperança poderá a igreja oferecer face à actual crise da família e da educação”. As ideias foram muito bem explanadas, pena foi que não tivesse mais tempo para se poder fazer um debate.

Não posso esquecer o moderador, porque o seu dom de palavra e sabedoria era enorme que enchia qualquer sala por maior que ela seja, o Dr. Mésicles Berenguil, Psicólogo Clínico e Sonoplasta na TSF. Não é por acaso que está ligado a um grande de órgão de comunicação social

Nada foi esquecido; a animação esteve a cargo do Dr. Adão Soares, licenciado em teatro e professor do ensino secundário, actor e encenador. Ficamos maravilhados com a poesia escolhida para o efeito, animou os mais novos, mas também os mais velhos. Nestas jornadas actuou também a escola de música de Tábua, presenteando-nos com três temas em flauta de Bisel.

No domingo dia 1 de Julho continuou a festa das famílias com a realização do acto mais importante que foi a Eucaristia, presidida pelo bispo de Coimbra D. Vergílio Antunes. Grande acto de Fé, que se viveu no pavilhão multiusos Ao serem crismados mais de 90 pessoas, demonstrou, a vitalidade da igreja católica nas terras de Tábua. As palavras do bispo D. Vergílio encheram o coração de todos os presentes, Deus nunca esteve tão perto de nós como agora, é nas horas difíceis que a família deve estar mais unida do que nunca e o nosso criador não pode ser esquecido, só com Fé é que podemos ultrapassar os maus dias que estamos a viver.

O pavilhão multiuso estava completamente cheio, muito bem decorado, cada freguesia tinham uma capelinha, com o seu patrono e outros artigos religiosos. Sem trabalho nada vem e esta festa deu muito trabalho, mas o povo tabuense demonstrou que quando se faz por amor a Deus nunca é muito.

O coral polifónico Municipal de Tábua também esteve presente, cantando pela primeira vez numa missa e logo nesta tão importante, dedicada à família.

Os cristãos do concelho de Tábua estão de parabéns pela demonstração de Fé que deram a todos os presentes, bem com à autoridade máxima da igreja católica do distrito de Coimbra.

Os cristãos nunca podem esquecer as virtudes teologais, Fé, Esperança e Caridade, mas ainda Há outros motivos mais importantes que os cristão não podem esquecer que são os “Mandamentos da Lei de Deus”. Para que já não se lembra eu passo a recordar-lhe:

1º Amar a Deus sobre todas as coisas 2º Não evocar o Santo Nome de Deus em vão

3º Guardar domingos e festas de guarda 4º Honrar pai e mãe 5º Não Matar

6º Não pecar contra a castidade 7º Não roubar 8º Não levantar falso testemunho

9º Não desejar a mulher do próximo 10º Não cobiçar as coisas alheias

Se todos os cristãos cumprissem estes mandamentos, Deus ficava tão contente!

Durante a tarde de domingo seguiu-se, o almoço partilhado e a tarde cultural e juvenil.

publicado por barroseira às 17:46

Quarta-feira, 10 de Novembro de 2010

A falta de coerência de alguns políticos portugueses

Quando o país está mal como é o caso, e se pede sacrifícios a todos os portugueses, será que os políticos não sabem dar o exemplo?

Ouvi um político ilustre do continente na Madeira dizer o seguinte: não compreendo como é que se pode querer obrigar as pessoas que têm dois vencimentos a ter que abdicar de um. Será que não trabalharam para ter os dois? Então não estamos numa de apertar o cinto, ou será que é só para alguns? É lamentável que esse político que está reformado do banco de Portugal com uma reforma choruda não queira abdicar de um vencimento que à partida seria o de deputado que deve ser mais baixo.

Na assembleia da república disse que o país está na última, bateu no fundo, precisamos de estar todos unidos para sairmos desta crise e não quer abdicar de um vencimento. É este o exemplo que os políticos nos dão.

Há alguns meses esse político disse, que precisávamos de voltar ao Salazarismo durante seis meses, para por tudo na ordem.

A minha opinião é a mesma, mas é para acabar com as reformas chorudas, acima do vencimento do Presidente da república. Acabar com todas as que estão duplicadas. Será que esses senhores não se sentem mal ao receberem duas reformas, quando muitos portugueses só receberem cerca de trezentos euros por mês?

publicado por barroseira às 20:12

Domingo, 17 de Outubro de 2010

A minha primeira visita à Torre do Tombo
Os mediavalistas Professores Doutores, Maria alegria, Leontina Santos e Resende Oliveira, foram com os seus alunos actuais e alguns antigos em visita de estudo à Torre d Tombo. Uma viagem de estudo interessante, além de ver-mos a exposição sobre a Implantação da Républica, tivemos oportunidade de ver como se faz as pesquisas nas fontes. Analisando pergaminhos, bem como outros meios de registos de fontes. Aprende-mos a fazer pesquisas on-line, entre outras coisas importantes para a vida de um historiador. Pena é que muitos alunos jovens não se tenham escrito, porque só enriqueciam os seus conhecimentos. Será que não era mais importante do que ficar por lá, sabe Deus a fazer o quê? Os pais estão descansados em casa confiando piamente nos seus queridos filhos. Parabèns à terceira idade porque essa não faltou.

publicado por barroseira às 16:07

Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

Seleccionadores Nacionais, os males amados ou pessoas não gratas

Atitudes impróprias para um seleccionador Nacional.

São quatro os pontos importantes que eu vou analisar:

1)    Será que um bom condutor de homens pode tomar estas atitudes?

2)    Porque será que estas atitudes acontecem com os seleccionadores?

3)    Será que estes problemas acontecem por culpa dos seleccionadores ou da direcção da Federação, ou dos dois?

4)    Quais as atitudes a tomar, mandar embora o seleccionador, ou a direcção da Federação.

 

Um seleccionador Nacional nunca pode tomar atitudes que não o dignifiquem como homem, porque é o responsável máximo de uma selecção que representa um país. Tem que ser um exemplo para os jogadores, tanto na conduta pessoal, como na desportiva. Todas estas atitudes tomadas pelos últimos seleccionadores, só se toleram, porque a direcção da Federação não tem capacidade para estar à frente da mesma.

A direcção da Federação não tem condições para estar à frente do futebol português. E são vários os motivos: Passo a recordar, Saltilho, prostitutas no hotel da selecção, os problemas existentes com o Sr. Queiroz há uns anos atrás, quando ele disse que a Federação estava podre, o murro do Sr. Scolari no jogador etc. Quem era o resp0onsável pelas selecções o Sr. Amândio de Carvalho, que ainda hoje continua.

Estes problemas aparecem todos por falta de liderança na Federação Portuguesa de Futebol. O futebol actual já não vai com velhos do Restelo, quer gente dinâmica, com outra visão. O tratamento para com os jogadores e treinadores não pode ser o mesmo de há vinte anos atrás, porque a evolução foi muito grande a todos os níveis.

Em conclusão: as atitudes a tomar para mim eram as seguintes: substituição de todos os órgãos da Federação, fazendo uma limpeza geral. Porque esta direcção não tem pulso para resolver as situações que lhe aparecem. Se analisarem bem o que aconteceu com a França, podem ver como é que a Federação Francesa actuou. Suspendeu logo todos os jogadores e treinador que estiveram envolvidos na África do Sul.

E a nossa Federação o que fez com os problemas todos que aconteceram. Nada. Foi preciso o governo intervir para tomar uma posição.

Fazendo uma análise a todos estes factos que aconteceram recentemente, não havia justa causa para despedir o seleccionador? O que será preciso mais? Um homem que agride um comentador desportivo no aeroporto, só porque ele o criticou, ofende os responsáveis do controlo anti-dopagem, por eles estarem a zelar pela saúde dos jogadores. Agora veio se a saber que a pessoa em que andavam em cima era o Liedson, já o controlavam há meses no Sporting, porque tem uns valores altos, mas não é doping.

A Federação tomou conhecimento de tudo e não tomou medidas nenhumas, são uns deixa andar.

Esta direcção não tem condições para poder continuar, por tudo isto e mais uma coisa não menos importante, que foi a perca do estatuto de utilidade pública. Mas não podem ir as culpas todas para a direcção, porque algumas têm que ser divididas.

No caso do Mundial da África do Sul, temos que começar a culpar a direcção da Federação pela escolha que fez para seleccionador, já tinha tido problemas com ele e foi buscá-lo outra vez. Em seguida o seleccionador pela convocatória que fez, levando jogadores lesionados e outros sem ritmo de jogo e a falta de visão de jogo, para dispor os jogadores em campo. Por último os jogadores, a maior parte deles não jogaram nada, são umas vedetas, mas dentro do campo não demonstraram nada. São uns meninos mimados, sem humildade, a força do dinheiro sobe-lhe à cabeça e esquecem-se depressa das suas origens e do seu passado. Não é só ser bom jogador, é preciso também ser um grande homem. Vou dar ó dois exemplos: Luís Figo e Rui Costa. Ponham os olhos neles, pode ser que a postura deles lhe sirva de exemplo e os façam pensar.

publicado por barroseira às 15:37

Sábado, 23 de Janeiro de 2010

O presidente da Républica alertou hoje para a dimensão das freguesias e com muita razão.

É preciso que os políticos façam uma reflexão sobre a quantidade de feguesias existententes e que não se justificam. Por exemplo: no concelho de Tábua será que é necessário ter 15 freguesias? Siceramente penso que não. Para se ter freguesias com 200 ou 300 votantes, qual o rendimento que se tira? Mais despesa e menos opracionalidade. Porque, vejamos. Actualmente já não se coaduna governar uma freguesia à tarde ou à noite, ou ao fim de semana. Tudo isto está ultrapassado. Vamos acabar com os velhos do restelo e vamos modernizar o nosso concelho e os de Portugal. O nosso concelho deveria passar de 15 freguesias para( 5), profissionalizando os presidentes. Assim teriam tempo de gerir freguesias maiores dando outra dimensão à resolução dos problemas existentes. Deixem-se de cassíquismos e acabem com estas capelinhas que só servem para dividir cada vez mais o nosso concelho e os concelhos de Portugal. Isto não é visionismo mas sim uma maneira de infrentar a realidade, se temos que começar a poupar começamos logo por aí. Esta situação deveria passar também pelos concelhos com menos de determinada população, estes seriam incorporados noutros e assim contribuiam para diminuir a despesa. Podendo esse dinheiro reverter para obras de necessidade da população. Outro orgão Nacional que devia ser restruturado era a Assembleia da Républica, com a diminuição dos deputados, passando para de 250 para uns 150. Com esta diminuição podiam dar melhores ordenados, para  poderem ter bons legisladores, porque enquanto não se for buscar as pessoas competentes para fazer as leis este país não vai para a frente. Mudanças precisam-se, mas falta a coragem política para o fazer, porque muita gente não quer perder o poleiro e as suas influências.

publicado por barroseira às 16:39

Sexta-feira, 25 de Dezembro de 2009

Boas festas para todos

Mais um ano que está a acabar, ano de crise, ano de eleições, grandes problemas no país, mas quando chega o Natal esquecesse tudo e lá vamos nós para os excessos.cada um faz os seus. Ainda hoje ouvi na televisão que a Porsche em Portugal  as suas vendas cresceram 15%.A empresa é de Braga. Mas o mais engraçado é que cada carro custa cerca de 200.000 euros, isto quer dizer que a crise é só para uns não é extensiva a todos. Mas isto é um caso, porque as agências de viagens e os hotéis para o fim do ano está tudo esgotado. Tristezas não pagam dívidas é preciso é gozar em quanto se pode. como diz o ditado antigo, a quem eu dever que espere e quem me deve que me pague. Isto é um aparte sobre o nosso país. Mas agora vou falar de coisas que acontecem na nossa terra que bradam aos céus. Um certo empreendimento urbanístico cá na nossa terra foi aprovado há vários anos pela autarquia, de início tinha espaços verdes, fizeram-se parte das construções e venderam-se. Agora qual não é o meu espanto e de toda a gente que vê um palmo à frente dos olhos, está-se a implantar uma vivenda que nem sequer é geminada como as outras muito mais alta que ás restantes, no tal espaço verde. Será que nesta terra tudo é possível? Ou será que é só para alguns? De facto é triste, porque quem se estala neste local há 44 anos, onde não havia habitação nenhuma e agora fazem estas obras primas. Eu gostava de perguntar a quem manda neste concelho, se gostava que lhe fizessem o mesmo a ele. Esta terra está de uma maneira que é o salve-se quem poder. Onde está a consideração que se diz ter pelas pessoas? A hipocrisia paga-se cara e é neste Mundo que se paga tudo, Deus não dorme e a justiça divina se encarregará de julgar essas mesmas pessoas. Quem não se sente não é filho de boa gente, e eu presume de ser filho de gente pobre mas tabuenses e que deram muito a esta terra.

Até breve.

publicado por barroseira às 19:09

Domingo, 20 de Setembro de 2009

 Os Bombeiros de Tábua celebram hoje o sexagésimo quarto aniversário. Grande cerimónia da colectividade, com desfile de viaturas e condecorações, seguindo-se o almoço convívio. Foram muitas as pessoas presentes, altas individualidades do distrito e locais. Eu como sócio da colectividade tive pena de não estar presente, mas como não fui convidado, como era habitual. A bodas e baptizados só vai quem é convidado. Não sei porque não fui convidado, apesar de eu não ser ninguém cá na terra, mas tenho colaborado com esta associação a vários níveis. Como auxiliar durante muitos anos, como director e se isso não bastasse, como filho de um homem que dedicou a vida inteira a esta associação. Muitas vezes com prejuízo da sua família. Não será preciso lembrar que foi o primeiro crachá de ouro dos Bombeiros de Tábua. O desprezo que me deram talvez seja obra de alguém que faz parte da casa que nunca gostou de nós, principalmente do meu falecido pai. Mas essas pessoas por mais que corram, por mais que se esforcem, falta-lhe muita categoria para chegar ao passado dele como Bombeiro Voluntário. Quando as pessoas morrem, depressa se apaga da memória o feito das mesmas, mas o nome do Chefe Barrosa por mais que queiram na região não o conseguem apagar. Foi muito trabalho, muita dedicação em prol dos outros sem nada receber em troca. Isto é um desabafo, mas eu continuo a gostar dos nossos bombeiros, colaborando quando for necessário, dentro das minhas possibilidades. Continuo a enaltecer o trabalho da direcção, bem como do corpo activo. Desejo muitas felicidades a todos e que os aniversários se repitam por muitos anos com muita prosperidade.

publicado por barroseira às 15:27

Sábado, 19 de Setembro de 2009

A grande obra do passado e do presente.

Ao comemorar o 2º aniversário da unidade de cuidados continuados, a Santa Casa da Misericórdia, fez jus aos seus pergaminhos, homenageando alguns dos seus fundadores.

Foram várias as pessoas presentes. Algumas individualidades do nosso concelho, mas também o representante do Governador civil, bem com o director da Segurança Social. De realçar a presença do candidato a deputado do CDS pelo circulo de Coimbra, Dr. Serpa Oliva.

Como tabuense sinto um grande orgulho pela obra que está implantada no nosso concelho. Faz inveja a muita gente, mas isto mostra a raça de alguns tabuenses, apesar de não serem de gema, mas fazem mais do que muitos que o são.

Parabéns aos dinamizadores desta obra, porque se não fosse a coragem da mesa administrativa liderada pelo capitão Ferreira Marques, atravessando-se na banca em 4.000.000 de euros, esta obra nunca se realizava. Existem muitos críticos em Tábua, mas nem todos pelo mesmo motivo. Será que alguns desses críticos teriam capacidade para assumir tamanho compromisso?

Fiquei muito contente ao ver homenagear um dos grandes impulsionadores vivo, o Sr. Argentino. Acompanhado pela sua família (filho e nora), reviveu as dificuldades passadas outrora para que o hospital fosse uma realidade.

Seguiu-se a homenagem ao Sr. António do Rosário, irmão nº7, outro grande tabuense dedicando uma vida inteira aos órgãos sociais da Santa Casa. Notei uma falha nesta homenagem, foi não ver nenhum familiar. Todos o notámos triste. Talvez a tristeza se devesse a esse facto, não deixa de ser uma grande falha para a família não estar presente em tão linda homenagem, dado que nestas alturas o apoio e o carinho são importantes, até pela sua idade.

Neste invento é de salientar a presença de vários órgãos da comunicação social, demonstrando que houve alguma atenção para que o acto fosse divulgado. Seguiu-se a intervenção dos médicos, enfermeiros, terapeutas, etc. O tema apresentado foi como lidar com os AVC. Saímos de lá elucidados, para a prevenção, cuidados a ter para minimizar os efeitos das lesões causadas pelo mesmo, bem como devem ser tratados os doentes que têm esta doença.

Tudo o que seja para a divulgação do nome do nosso concelho, dado que a unidade de cuidados continuados é uma referência a nível nacional, é sempre importante. Neste campo a Santa Casa da Misericórdia está de parabéns.

 

publicado por barroseira às 11:43

Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Monografia Tabuense

 

Tábua apresentou no dia 12 de Setembro pelas 21h30 na Capela do Senhor dos Milagres a sua Monografia, com o título, História Arte e Memória.

Presentes estiveram ilustres figuras da Universidade de Coimbra. O professor Dr. Luís Reis Torgal, O professor Dr. António Castanheira Neves ilustre Tabuense e o autor da monografia o Dr. Marco Daniel Duarte, bem como outros ilustres professores da mesma Universidade.

Uma obra-prima importante para o nosso concelho, dado que assim não se perde as nossas origens.

Pena é que as pessoas não tenham aderido a esta apresentação em grande número. Segundo informações fidedignas, foram convidadas, mais ou menos 200 pessoas, fora os panfletos espalhados a convidar a população em geral. Apesar da Capela do Senhor dos Milagres estar cheia, mas os tabuenses eram poucos. Parabéns a quem escolheu o espaço para a realização de tão importante acto, que enriquece todo o nosso concelho. Parece-me que as pessoas de fora deram mais valor a esta obra que os tabuenses.

Será que algumas pessoas não apareceram porque não havia jantar? Será que alguns tabuenses só pensam em comer? E a cultura, será que não tem interesse? Depois dizem que somos uns atrasados, que na nossa terra não há nada, mas quando há não aparecem. Como podemos ser cultos, se quando se realiza inventos que contribuem para o enriquecimento cultural não aparecemos. Penso que a autarquia tem que reformular a lista de convidados, porque esta lista deve estar desactualizada, dadas as inúmeras faltas desses convidados.

A comunicação social foi convidada, mas só apareceu o Jornal de Tábua. Será que o lançamento desta obra, com três anos de pesquisa sobre o nosso concelho e com acompanhamento de vários professores catedráticos da Universidade de Coimbra, não merecia outro tratamento da comunicação social?

Este livro com a história do concelho de Tábua, já era falado há muitos anos. Felizmente houve alguém que trabalhou bastante, para que se tornasse realidade.

Parabéns a quem desenvolve um magnífico trabalho cultural no nosso concelho.

 

publicado por barroseira às 20:06

Segunda-feira, 07 de Setembro de 2009

Gostava de dizer ao senhor Bruno Nunes que faz comentários no (Tabuacorderosa) usando o nome de outra pessoa, que eu nunca insultei ninguém no meu Blog e se o fizesse estava identificado. Ao entrar por esse campo, você entrou pelo campo errado. No que diz respeito ao meu Blog, eu escrevo quando me apetece, sem ofender ninguém, porque nunca nomeei o nome de ninguém. Agora o senhor está-me a ofender a mim e às pessoas minhas amigas. No que diz respeito à minha filha pode estar descansado, porque ela está empregada noutro concelho. No que diz respeito à Universidade, nem lhe respondo porque o senhor não o merece. Agora com respeito à Loura, você vai estar em maus lençóis, porque essa senhora é uma senhora de bem, bastante respeitada em Tábua. Esqueceu-se que essa senhora tem familiares para a defenderem, desmascarando o anónimo que fez tais afirmações caluniosas. Fique sabendo que por mim nem sequer ligava, dado que eu não costumo ligar ao que dizem pessoas anónimas, se forem homens que me digam na cara. Mas a senhora em causa e o grupo de senhoras que se juntam comigo, já entregaram o caso à Judiciária para averiguação. Portanto brevemente o senhor será desmascarado e terá que provar as afirmações que fez.

publicado por barroseira às 21:04